terça-feira, 30 de junho de 2015

Te eternizar em mármore




Se declara logo.


O aroma das acácias, o ar inunda


De bruços, de lado, 
não importa a posição que teu corpo caia,
vou amparar e proteger 
todas as vezes que me desejar ver.

Os lençóis sedosos te esperam, 
as fronhas bordadas, perfumadas, 
querem sobre elas teus cabelos.
A luz, quase ilumina todas as nuances do agora, 
nosso quarto.
O aroma das acácias, o ar inunda.

Tuas ancas, tuas formas delicadas, 
teus desejos aflorados, me chamam.
Atenderei cada um deles, 
serei escravo de tuas ordens, 
obedecerei apenas.

Me prenda, me amarre ao teu coração apaixonado, 
quero ser seu escravo nesta hora.
Desligue o celular, 
esqueça o mundo lá fora, 
o tempo vai parar.
E só nós dois existiremos
 em nosso universo de amor, 
neste abençoado lugar.

Neste quarto e alcova, 
neste paraíso por nós criado,
sem pressa, vamos amar.

Gerson Araujo Almeida

História libertada


A história libertada ficará em nós. 
Brechas, tesouros escondidos, 
 delícias ocultas, fantasia, jogos de poder, 
 entrega e sedução. 
Cada centímetro do que vivemos, 
 num Império dos Sentidos. 

Às vezes é preciso perder para encontrar: 
Amor, alegria e prazer. 
 Ouço a voz do coração 
 e essa história liberta. 
  Se transformou em uma poesia de terror, 
 deixou para trás marcas que emudeceram a nossa voz.

 Fácil como num passe de mágica 
foi descobrir que nos tornamos indiferentes um ao outro. 
 Desaprendemos a arte de nos alegrar 
 com as coisas mais simples. 

 Com a história libertada, 
 não vamos encarar esse amor 
como a derrota das derrotas 
 ou um brinquedo velho.
 Quero apenas uma reconstrução de valores,
 numa celebração tardia, sem registros embolorados. 

 Talvez quem sabe,    
apenas uma mudança de hábito. 
 Ouvir as palavras da chuva, 
 viver sensações futuras, 
soltar as rédeas da imaginação. 

 Nessa história liberta, 
 quero rir, chorar e beber, 
não apenas lembrar os tempos 
 em que tinha em minhas mãos 
 o trunfo da beleza e juventude. 
Tempos que trazem à tona
 a vivência de um amor que aprisionou 
 e pouco acrescentou. 

 O amor é mesmo estranho 
 caminha numa força maior 
 e mesmo quando sua história é liberta, 
 joga mapas para as estrelas. 
 E simplesmente espera o que sempre acontece: 
 Renasce irresistível, acariciando todos os sentidos, 
 faz esquecer dissabores e derreter sorrisos. 
Uma vez que, paixão e amor sempre serão eternos.

Relth Ivone
www.facebook.com/relthivone

segunda-feira, 29 de junho de 2015

"Meu amor! Te amo mais ainda!"


O celular tocou e despertou-me, 
olhei para o lado e você profundamente, ainda dormia.
Fiquei com pena de te acordar.
Apenas te observava calado, 
sem respirar mais rápido, 
queria te ter o dia inteiro, ao meu lado.

Pensei em ligar para o teu trabalho e avisar:
"Por favor! Hoje ela não vai trabalhar, desculpem!"

Mas, esperei por momentos, 
não devo em tua vida, intrometer-me.
quem sou eu..., um simples amante que te adora, 
que te ama perdidamente.

Hoje foi nossa primeira noite juntos, 
espero ter correspondido teus desejos,
não vou esperar você acordar, 
o telefone vai novamente tocar e você vai despertar.
Será as pressas, da cama como me disse, 
sempre vai pular afoita, 
será que vai se lembrar da nossa noite passada, 
dos momentos de luxúria e realizações 
que a muito desejávamos sentir.

De minha parte, foi maravilhoso, 
bem pecaminoso e sem censura alguma.
Te invadir, com minhas mãos teu corpo sentir,
minha boca sedenta de teus beijos, 
meus braços largos te apertando num forte abraço.
Nossos suores se misturando, 
nossos corpos se fundindo num só, 
momentaneamente.

Bem sabia, que esta noite prometia.
Que te veria abandonada pela manhã, 
solta na cama desnuda e frágil.
Minha criatura que desejo e amo, 
que sempre me fascinou desde o primeiro momento.

Tocou o celular..., 
não sei se novamente ou se estava dormindo.
Olho ao lado e não te vejo, teria sido um sonho, 
Não aconteceu esta noite que me lembro agora?
Teria sido um sonho nosso primeiro encontro...?

Sobre a cama, entre os lençóis um bilhete 
com a marca do teu batom vermelho, que diz: 
"Meu amor! Te amo mais ainda!"

Gerson Araujo Almeida

Luz prateada, como beijos encantados


domingo, 28 de junho de 2015

Fantasias


Tenho saudades dos sonhos, 
Da alma pueril,
Que criava momentos risonhos, 
E desenhava no ar
As asas com as quais
Queria voar.

Quero de volta a canção
Que a noite cantava
E das notas musicais
Que meu sono embalavam!
Seria mesmo uma canção,
Ou somente eu escutava?

Por isto tenho saudades dos sonhos
Que minha alma criava ,
Dos momentos risonhos,
Que pelos céus eu voava,
Com as asas da fantasia
Que no ar eu desenhava!

Naget Cury.
www.facebook.com/naget.cury


Um poema feito as pressas...




sábado, 27 de junho de 2015

Tua alma já é minha.


Ao sair bata a porta.


Acordei com uma vontade louca 
de beijar tua boca. 
 Sentei-me  num canto da cama 
e fiquei a observar seu corpo seminu. 
  Olhei-me no espelho, ajeitei os cabelos, 
 um toque de batom. 
 Vi-me  tão bonita, que me perguntei: 
 "-Você vive aqui?" 

 Acordei com uma vontade louca 
 de beijar tua boca. 
 Olhei teu corpo seminu e pensei, 
você vive aqui? 
 Senti nostalgia da luz. 

Olhei teu corpo seminu, 
 vi na verdade que apenas parece, 
 mas não é, simplesmente acontece. 
 Experiências de fora, me lembram a última vez 
 que chorei por mim, por você, por nós. 

 "- Você não vive mais aqui." 
 Não vou dar mais atenção à ridícula ideia 
 de não ver mais você. 
Melhor dizer não a dizer sim. 

 Sobrevivi ao Inferno. 
O que foi difícil, mas se assim não fosse não teria graça. 
 Não vou olhar para trás, 
 as aparências enganam. 
 Não vou mais tocar e não dançar. 
Há muito você não vive mais aqui, 
 apenas parece, mas não é. 

Com essa nova mulher 
 que acordou hoje com vontade de beijar a tua boca, 
 peço que me fale um pouco mais de si. 
 Com ela firmo um pacto de honra,
nada de conexões precoces,
que nunca se esqueça que você não vive mais aqui.

 Essa é nossa última sessão, 
por favor quando você acordar, 
 ao sair bata a porta... 

Relth Ivone
www.facebook.com/relthivone

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Bons sonhos, amor


"- Bons sonhos, com beijos na chuva, 
musica suave e sorrisos francos."

Os terei meu amor, em cada minuto, 
em cada noite que contigo sonhar.
Em cada gota que me tocar, sentirei você.
Em cada sorriso seu, uma luz há de brilhar.

"- Bons sonhos e beijos roubados, 
na chuva molhados, 
palavras doces e abraços ternos."

Sonharei com todos eles, beijos ternos e doces,
que roubaste de mim, não os quero de volta, fique com eles, 
guarda-os em teu lindo coração.
Poderei outros roubar de ti também, meu bem.

"- Bons sonhos, sonhos loucos, 
dançando na chuva, no meio da rua, 
sem lua e nem flor!"

Serão sonhos loucos, carregados de luxúria e pecaminosos.
Sem moralidade não importando o lugar que for dado,
venha amor, vamos correr pela rua nus e molhados,
que no fim seremos agraciados com o nosso amor.

"- Bons sonhos e um beijo molhado, 
molhado da gente, que se entregou, 
no momento lindo, momento do amor!"

Os terei, amor!

Gerson Araujo Almeida

Primeiro do desafio proposto, um poema por dia.


quinta-feira, 25 de junho de 2015

O descanso da Guerreira.


Após várias batalhas diárias, a "Guerreira" recolhe-se.
Nada mais justo que o merecido repouso,
para a preparação de novas estratégias que a vida vos obriga a ter.
Não importa experiência antigas, lutas passadas,
apenas ficaram a experiência de não errar novamente.
Cada enfrentamento mostra que a "Guerreira",
fez por merecer seu repouso.

Longe de sua armadura e espada, sua roupa diária e caneta em punho,
armas que sempre deram certo com muito trabalho.
Repensa a vida e imagina em paz o futuro.

Muitas vezes, vem-lhe o desânimo e o medo,
mesmos as maiores heroínas o tiveram presente no peito.
Mas, isso não mostra fraqueza na hora dos embates,
fortes argumentos e determinação devem mostrar o caminho correto.
Atingir o sucesso, a vitória na guerra, é o mais importante,
ferimentos e cicatrizes, são curáveis.

Maquiagem e beleza, armas importantes que abrem portas,
facilita o acesso, derrubam muralhas e portões fortificados.
Lança e flechas, sabe muito bem delas desviar, 
a maturidade lhe concebeu o discernimento.

Que a vitória te leve ao merecido sucesso, 
que as lutas atinjam os objetivos merecidos,
só posso almejar ver tua entrada triunfal nos castelos conquistados.
Os ditadores e opressores, subjugados.

Vitória, sucesso e reconhecimento, chegará no certo tempo.

Gerson Araujo Almeida
(Para minha amiga: Theiron Lopes).

Relíquias da infância


Guardo relíquias da infância 
 num diário cheio de esperança, 
 onde descobri que o "amor é estranho"
 mas cheio de poesia. 
 Essa doce mania de amar, 
 me faz buscar inspirações e referências 
 que mudem as pessoas e transformem o mundo. 

 Minhas relíquias da infância, 
 trazem uma história especial 
 e tento eternizar esses momentos inesquecíveis. 

 Laços de amor, momentos só meus, 
 guardo relíquias da infância num diário cheio de esperança. 
Onde estou num dos meus melhores momentos. 

Sou a "estrela"   da capa de um diário 
onde as páginas da vida são especiais. 
Não há extremos! Eu, na essência real, 
descobri o valor da idade 
e em cada uma a sua beleza, 
guardam em si momentos únicos e inesquecíveis. 

Mesmo descobrindo que o "amor é estranho" 
e que todos os anjos são azul e rosa. 
A vida é feita de pequenas felicidades, 
sentidas, vividas e que podem ser guardadas 
como verdadeiro tesouro, nas relíquias da infância.

Relth Ivone
www.facebook.com/relthivone

terça-feira, 23 de junho de 2015

Nossa casinha branca lá no pé da serra.


Aparei a grama em volta, plantei algumas rosas, rosas vermelhas da cor do teu batom que cobre teus lábios que quero o gosto provar. Neste inverno lá no alto o inclemente frio nos obrigará a ficar aconchegados, abraçados nas tardes frias e nas noites escuras, apenas iluminada pela Lua, quando o amor nos invade, nos leva as delícias que só o amor proporciona entre um homem e uma mulher.

Ainda não está pronta de todo, ainda requer alguns confortos, mas aos poucos ficará do jeito que imagina e quer. É pequena, um quarto dos nossos sonhos, onde vamos poder concretizar nossos desejos de amantes. uma sala com muitas janelas envidraçadas, onde poderemos avistar lá em baixo do barranco a estrada. O tapete da sala, bem macio onde poderemos rolar sem medo, ficar deitados cobertos apenas pela luz do luar indiscreto observando nossa nudez.

Nas manhães ensolaradas, na varanda elevada, com as jardineiras cobertas de flores poderá se aquecer da noite passada, bronzear seu corpo que tanto admiro e quero todas as noites. Mandei instalar um balanço. Nada irá nos importunar, apenas o canto dos pássaros, comporão as sinfonias, as melodias que nos brindará o raiar do dia. Em breve te trarei para nosso paraíso e contigo viver os melhores de nossos dias.

Sobre a mesa da sala uma jarra de flores, colhidas ao redor da casa, sempre estará a compor o ambiente, finas cortinas transparentes adornarão as amplas janelas, permitindo que a luz invada nosso ninho sagrado. Algumas frutas, algumas cartas que trocamos, estarão lá para que nunca esqueçamos as juras de amor que trocamos desde o dia em que nos conhecemos. Nossas promessas hão de se realizar.

Se tornará minha musa, minha fonte de inspiração madura, bela criatura que pelo poeta se apaixonou, tens carinho e dedica palavras delicadas e sonoras aos meus ouvidos. Não me canso de te ver e quero te compreender melhor. Lá, vais curar os teus ciúmes, concertar nossos corações. Em meio ao silêncio só nossos sussurros serão gritos. Adoro te deixar assim, louca de paixão, uma adolescente em meio a tanta luxúria. Precisas sentir meu cheiro, meu gosto, minha quentura. Como sugeriu nossa casinha branca nesta serra será nossa até o fim de nossos dias.

Só peço que espere um pouco mais.

Gerson Araujo Almeida

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Não pense que vou esquecer


Venha! Vamos trilhar este caminho recém aberto, 
ficará mais fácil e perto de nossos objetivos e vontades 
em realizar nossos desejos de amor. 
Bem sei que parece complicado para você, 
demonstrar o que quer sentir numa relação 
que te parece estranha. 
Sem o toque, sem o cheiro ou perfume de um beijo, 
apenas na imaginação poderemos sentir tudo aquilo 
que conhecemos o sabor, 
pois já sentimos antes em outros braços 
em outras ocasiões da vida.

Podem nos chamar de loucos, estranhos, anormais, 
mas bem sabemos que efeitos ocorreram em nós. 
sentimos os desejos, sabemos como fazer direito.

Não pense que vou esquecer, 
aquelas tardes em que trocamos carícias,
você sabia que estava coligado contigo, 
até nos estimulávamos bastante.
Foram tardes delirantes que não vamos esquecer facilmente.
Tua voz sofrega e sussurrante 
elevava-me ao paraíso, as imagens...
Delirava a cada momento registrado, 
cada nuance de teu corpo, cada pinta, 
cada reentrância.
Vou guardar comigo secretamente.

Pede-me algo que não posso cumprir,
Sei ser difícil compreender, teu pedido não atender.
Seria uma maravilha atender tua vontade, 
se não estivesse atrelado a um passado recente.

Me perdoa meu amor, quem sabe a vida em suas voltas,
nos aproxime novamente como antes e eu,
andarilho desejoso de estradas percorrer,
me lance ao desafio de te fazer feliz finalmente.

Gerson Araujo Almeida

domingo, 21 de junho de 2015

Cultivarei o nosso jardim


Sempre cultivei rosas, sou amante de sua beleza e delicadeza,
há formas de cuidados que não nos causa ferimentos nas mãos com seus espinhos.
Podas cuidadosas, lhe dão o viço e a beleza que precisam.
Do orvalho das manhãs frias, umedecem suas pétalas e folhas, 
o solo que te prende junto a mim é o mesmo que me sustenta.
Nunca vou deixar que sua beleza se finde.

Prometo não errar na dose do amor te dedicar,
quero que dure eternamente esta rosa que irei plantar.
Sei que um dia poderá morrer em meu jardim,
Como as paixões passageiras e tórridas,
mas prometo ser um jardineiro fiel e cuidadoso,
não quero deixar de sentir teu perfume e admirar tua beleza.
Se vier a morrer este amor que sinto por ti, rosa.
Verei tuas pétalas ao chão, teus espinhos secos em minhas mãos,
não se espante quando minhas lágrimas vieram ao chão nesta hora.

Sei do que precisas, não é só água, chão ou clima,
precisa de um amor duradouro e de contato.
Momentâneos momentos frívolos não te satisfazem,
precisas de emoções reais, beijos naturais, abraços fortes e ternos.
De um caloroso amantes que te complete.
Os prazeres que sentimos, nunca serão esquecidos,
vou guardá-los e relembrá-los sempre que vieres a minha mente.
Não queres mais, tudo bem, saberei entender, mesmo não querendo.

Desejas terminar seus dias ao lado "dele...,"
que os sentimentos "dele", sejam vivenciados por ti.
Se entregue a "ele", merecedor de teu corpo e alma amorosa.
Vibre com sua paixão, com seu sexo e tesão constante,
Pois só assim, morando em seu coração terá este direito.

Tentei te ensinar o que é paixão, 
só não posso agora, morar em teu coração.

Gerson Araujo Almeida

Segure seus sonhos


Segure seus sonhos não o deixe escapar. Dei a mim mesma um presente, resolvi até mais tarde na cama ficar. Despertei e novamente fui nanar, tenho hoje muitos afazeres e farei todos, hoje estou sem pressa, para o dia passar. Mas primeiro dei atenção devida ao meu corpo, necessitado de descanso, agora vou me levantar e meu dia iniciar. O céu está nublado, tempo fechado mas, colocarei gotas de cores misturada a sabores, aromas e canções irei tocar. Farei meu dia pleno. 

O poder de sorrir ou chorar sempre cabe a nós mesmos tomar, colocarei todos os problemas e tristezas no bolso, vou ser feliz e sonhar. Não dependa da cor do céu, para um dia lindo desfrutar e se chover, transforme as gotas em mar de sonhos e nele passe a navegar. Busque o sol que brilha dentro de você e faça seu dia acontecer. Não deixe ele escapar, segure firme o brilho junto com todos os sonhos que carrega dentro de si. Depois escolha um desejo para no dia de hoje realizar, e um a um com calma e sem pressa faça em realidade seus desejos se transformar. O meu de hoje é: "Minha família desfrutar, passar tempo com eles e juntos a tarde aproveitar."

Nesse dia de folga, estou muito atarefada mas coloquei como prioridade bailar. Colocarei musicas para sonhar. E enquanto faço minha faxina, de amores vou brincar. Tenho grandes parceiros para dançar, o rodo e a vassouras nunca vão em meu pé pisar. Farei um delicioso almoço para meus pequenos esperar, chegarão da escola e trabalho e juntos com eles irei a tarde passar.

Tive uma ideia, hoje desejarei um filme, sofá e pipoca e muitos abraços neles dar. Sonhos pequenos se transformam em grandes momentos. Depende exclusivamente de nós, florir e transformar nosso dia. Não tem receita para sorrir mas alguns ingredientes não podem faltar.

Ponha na sua vida pitadas de musicas e poesias em tudo que for realizar. Não ignore os sonhos pequemos, como preparar um delicioso jantar. Eu sei ta difícil viver e nesse palco da vida atuar. Mas mude a cena, faça dos detalhes o seu papel principal e é nos mínimos detalhes da vida que encontrará felicidade sem igual.

Poetisa da chuva.
www.facebook.com/theironlopes


sexta-feira, 19 de junho de 2015

Continua linda, como antes.


Lembra dos tempos jovens, 
éramos incansáveis.
Mal amanhecia 
já nos procurávamos, 
como se tivéssemos nos perdidos 
na noite passada.

Você muito linda, 
razão de minhas paixões de adolescente.
Criávamos sempre motivos 
para juntos estarmos.
Meus versos eram sempre dirigidos a você, 
meus poemas tinha sempre uma única musa, você.

Hoje, cansados e menos jovens, 
pois só o corpo envelhece
e deixa marcas visíveis e cicatrizes 
que nos fazem lembrar nossas idades.
Mas, sempre achamos um motivo para estarmos juntos, 
não importa nossas rugas, nossas peles salientes e flácidas.
Ainda sentimos o calor da paixão, 
este amor que não nos abandona.
Cativo e prisioneiro, 
sempre foi nosso escravo 
e sempre nos fez feliz.

No futuro, 
estaremos juntos meu amor, 
aguarde e tenha paciência.
Vamos saborear nossas luxúrias, 
vamos brincar como antes, 
vamos surpreender quem nos conhecer, 
inveja causaremos.
Não importa, 
o que importa é que sempre nos amaremos para sempre.

Gerson Araujo Almeida

Sorriso oculto.


Olhar distante, meu coração viajante. 
Caminho em estradas errantes. 
A chuva me vem como um presente, 
lava minha alma e purifica minha mente .
Alguns dias sou uma mulher forte, determinada e atraente,
em outros uma carente adolescente, 
almejando um simples abraço e ter alguém do meu lado.
A idosa reside em mim sempre, 
nunca a deixo escapar pois um dia por fim nela vou chegar.

A vida é marcada por momentos, 
a tristeza sempre passa por mim.
Sinto-a em doses maiores na mesma intensidade dos sorrisos, 
mas não permito que se instale no meu intimo. 
Ainda que as tristezas me façam visitas, 
não permito que muito tempo residam.
Choro com elas, enxugo as lagrimas e prossigo.

Sigo nessa estrada um caminho diferente, 
escolhi a mim mesma não pegar atalhos 
e os problemas todos enfrentar.
Nasci para sorrir e muito amar.
Em mim existe grande quantidade estocada de ternura, 
carinhos sem fim posso dar,
mas estão direcionados a quem no meu intimo chegar.

Não me iludo ou me deixo ser levada por futilidade, 
em mim mora uma verdade, sou mulher sem maldade. 
Assim você me descreveu.
Mas aprendi a ser perspicaz 
e ver além de palavras de conquistas bonitas.

Não é difícil me conquistar, seja você mesmo sincero no falar,
não tolero futilidade e banalidade, sou sim da moda antiga,
uma tola romântica que no amor acredita.
Quando se modificar minha aparência,
quando eu não tiver uma pele tão macia,
quando eu estiver andando devagar 
quero ter alguém para em minhas mãos segurar.

A conquista para cama levar é algo extremamente simples,
vai numa balada e em cada noitada terá uma diferente, poderá até se gabar .
Mas se quer realmente ter motivos para comemorar, 
será ter do seu lado uma mulher em que se possa confiar . 
Que esteja com você por desejo e com paixão no olhar,
que sinta necessidade dos teus abraços mais do que da sua carteira,
que sorria com você por coisas bestas 
e deixe de lado o carro, ande na rua de mãos dadas 
debaixo da chuva como eternos namorados.

Chegue-se a mim como a uma poesia no tom da melodia,
tocando minha alma, dando-me a calma que preciso
e eu te dou toda a agitação numa tempestade de emoções.
O caminho ao meu coração é tão fácil e simples,
na tentativa de me impressionar com coisas grandiosas,
ninguém consegue penetra-lo.

Meu intimo pertence a mim,
só dou a conhecer quem de fato merecer.
Muitos perguntaram sobre essa foto, 
questionando aonde foi parar meu sorriso.
E amigos lhes digo: 
"Ele está bem aqui no peito, cravado, tatuado."

Faz parte de mim não tem jeito, a alegria fez morada em meu peito.
Escutei também: 
"Tristeza não combina contigo".

É vero concordo e nisso acredito,
por isso eu a sinto de forma intensa 
e depois dela me despeço e a mando embora.
Nem todo sorriso no rosto é felicidade,
as vezes guardo meus problemas no bolso e vou socorrer um amigo, 
gosto de arrancar gargalhadas e sorrisos de todo ser vivo.
Assim também uma foto sem sorrisos, em si não se aplica somente a tristeza.
Mas tem uma totalidade na inteireza da alma, de quem está pensativa.
As vezes esgota até mesmo de viver, mas o ponto é sempre se reerguer.

Para mim os motivos e as pessoas que tentam me derrubar nunca terão importância.
Me apego ao que me fez levantar e meus pés no chão firmar.
Tô numa fase diferente, não provo nada a ninguém além de a mim mesma.
Sigo na minha vidinha, quietinha.
Sonhando, cantando, me amando mais a cada dia, 
reconstruindo minha própria alto estima.
Me sentindo plena e realizada num banho de chuva.

Não tem jeito sou assim mesmo, 
me encanto com gestos pequenos.
Uma gota de chuva vem como um carinho, 
de quem anseia ver o coração florindo.
Sigo sorrindo, vou sorrir de coisas idiotas pois compreendi 
que a felicidade mora aqui, 
bem dentro da gente.
Muitas e muitas vezes me peguei quieta parada olhando o infinito,
como que esperando ele me fornecer todas as respostas.
E me dei conta que todas eles estavam no meu intimo, 
bem aqui dentro de mim .

A felicidade é como gotas de chuva.
É um breve intervalo entre a angustia e a tristeza.
Se você não ficar atento a essas pequenas gotas ,deixaremos elas escaparem.
Não busque para si grandes coisas, valoriza os detalhes e as pequenas coisas, 
acredite..., são elas que fazem a vida valer a pena.

Poetisa da chuva
www.facebook.com/theironlopes


quinta-feira, 18 de junho de 2015

Forte, profundo e fecundo


Agora que tens os meios e modos, 
de sentir as emoções de teu corpo, 
assoberbadamente.

Quero compartilhar e ajudar a atingir o objetivo.
Vou te ensinar, vou te educar a cerca dos segredos, 
que este brinquedo, pode proporcionar.

Verá que as possibilidades serão imensas, 
Imaginar que me tens ao vivo, 
junto a ti despudoradamente livre.

Sábias mãos que compreendem os leves toques,
sentem as nuances e vibrações da pele macia.
Abre os lábios, para receber minha boca num beijo,
forte e profundo, que busca o prazer fecundo.

Gerson Araujo Almeida

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Esta noite será nossa.


Esta noite será nossa, 
nada vai nos atrapalhar.
Nada vai de ti me afastar
e tirar meu desejo de te encontrar.

Te assumir por inteiro, saborear teus meneios, 
pecar sem remorso.
Serei afoito por certo, é demais o que sinto por ti, 
me perdoa, quero teu corpo assumir. 
Tua alma será minha,
 não reaja, seja solícita. 
Quero te amar na intensidade de nossas vontades.
Prometeu-me total liberdade sobre ti.

Sussurra em meus ouvidos, 
se estou te fazendo feliz.
Peça o que quiser serei prestativo no ato.
Me peça o impossível, 
farei de tudo para atingir nosso clímax incrível.

Nossas roupas se rasgaram, 
nossas fronhas no chão espalhadas,
os lençóis agora marcados, 
amarrotadas, dobrados no canto.
Só vejo você na penumbra, 
tua vergonha é minha, não tens mais.

Não quero sair, antes que o Sol apareça,
 antes que a Lua desapareça.
que o tempo demore uma eternidade, 
não importa temos a noite toda.

E quem sabe nos amar novamente.

Gerson Araujo Almeida

terça-feira, 16 de junho de 2015

Coração de amante é meu guia


O vento sopra 
na direção do meu coração.
Como um corsário negro 
em águas esquecidas...
Navega em dor,
em busca de um estranho amor.

Não há porto,
nem farol que o posso guiar!
Meu coração de amante 
é quem me guia.
Até chegar 
a esse porto seguro que é você!

Não importa os maus ventos,
nem as tempestades...
Minh'alma chegará até você 
como um vento livre,
Nem as nuvens mais negras,
nem as os abismos dos mares,
Podem me distanciar do teu amor,
do teu calor,

Viajarei pelos mares e oceanos como um naufrago,
que anseia por salvar sua alma em terra seca...
Meu amor me levará até você e te amarei.
Minh'alma não se contenta em te-la perdido!

Por isso navegarei no bravio mar da paixão,
até encontrar o teu grande e eterno amor.

( autor rosil poeta gótico )
www.facebook.com/rosil.soaresdeoliveira.5

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Teus desejos...


Quais serão teus desejos, 
será que saberei responder,
capaz de adivinhar o que quer da vida a esta altura?

Uma pessoa que te dê carinho ternos, 
que te deite em seu colo e alise seus cabelos, 
teu rosto, toque em tua boca.
Acarinhe e te ame sem pedir, 
sem que se manifeste antecipadamente.

Que seja apaixonado por ti, perdidamente.
Que te peça que o acompanhe até a cama e se deite ao seu lado,
que te faça delirar nas noites de amor, que te acorde com beijos de paixão.
Que te faça se apaixonar e dedicar tua vida em prol deste amor que brota.

Divida as dificuldades e compartilhe as amenidades,
chegando junto aos problemas e soluções.
Que brinde contigo o amor e a paz, a tranquilidade.

Não tema se apaixonar por quem te deseja,
não tenha medo na entrega, na jura de amor.
O destino aproxima as almas, 
é só ter a paciência e esperar acontecer.

Gerson Araujo Almeida

domingo, 14 de junho de 2015

Quero te reconquistar


Lembra-se, daqueles beijos nas noites de amor que trocamos?
Esperava curar a solidão e o dasalento quando te achei.
Foi naquela noite coberta por sombras, 
mal podia ver-me na penumbra,
um beijo te roubei.
.
Sei que a solidão abre um buraco no teu coração,
meu empenho não deve ter sido dos melhores,
quer que me vá embora?
Será que nada segura-me 
e não queira estar aqui ao teu lado?

Sei que o coração te obriga cobrar-me decisões,
já suportou tudo que não merecia.
Mas, existe uma hora determinada para a ação,
ação essa que muda os destinos para sempre.
Existe um prazo eu sei, 
não pode me esperar para sempre.

Não tenho medo de assumir um compromisso,
só que, preciso de um tempo.
Não quero que acabe este encantamento que nasceu entre nós.
Ainda vamos rir de tudo isso e agradecer nos ter conhecido.
Vamos cultivar mais, este nosso relacionamento.

Não vamos dar tempo para que este amor perca sua temperatura,
sua intensidade, sua luxúria e desejo, que temos um pelo outro.
Não chore, nem se desespere, ainda temos tempo,
estamos abastados, cheios de vontade de acertar.

Vou modificar minhas atitudes, te reconquistar.
Somos o que recebemos, se nos amamos é por que amor nos damos.
Não esfrie seu coração, aqueça-o todo dia, 
permita que ponha a mão em teu peito.
Quero senti-lo quando me aproximo de você.
Somos de mundos distintos, de épocas definidas, com histórias a contar.

Gerson Araujo Almeida

Odeio me sentir frágil .


Detesto esse gostar, pare de me cativar.
Cada um é responsável pelo que cultivar, 
se não pode com fogo lidar, pare de me incendiar.
Porque estou a um passo de amar.

Inferno de coração tolo, medíocre de quem de mim se aproximar.
Não quero em você pensar mas, a saudades está a me matar.
Saudades do que nem tivemos.
Perguntou se eu sou mesmo desse mundo, eu infelizmente sou,
mas espero em breve morrer e de toda essa droga esquecer.

Reuniões, reuniões, demissões e mais demissões,
clientes ocultos, num dia de tensão.
Entro às 08:50hs., saiu às 20:00hs., 
são quase 12 horas e agora chego em casa.
Com surpresas dos meus filhos para mim, 
fui me alegrar, mas deitei e foi sozinha 
que a cabeça vim recostar.

Só queria alguém para conversar, mas não existe esse alguém.
Melhor dormir e desmaiar, num grau considerável de desgosto. 
Acabe esse dia e por favor, venha um novo.
Que me adianta ser paparicada? Ser cantada? Ser desejada?
Que me adianta ter descongelado esse coração? 
Que me adianta, você me querer então?

Se nas horas frias quando o medo em mim flutua 
minha mão navega e não acha a sua?
Droga, eu precisava de um bom amigo 
e não acho não tem jeito.
Tudo que eu queria 
era alguém para minha cabeça recostar e me abraçar.
Sem palavras com abraços me dizer:
"- Vai ficar tudo bem, vou te proteger, 
chore..., não precisa se conter eu irei lhe compreender".

É tão difícil encontrar alguém disposto a sorrir e a chorar comigo,
eu só espero despertar amanhã para um dia mais bonito.
Porque hoje foi um dia esquisito.
Adormecer e esquecer, 
parar de escrever e das dores do dia não me lembrar.

Quer saber? 
Volte a mim um coração frio,
melhor de novo essa droga congelar.
Melhor morrer do que se apaixonar,
estou chateada nem imagem vou colocar.
Queria no momento chorar,
mas estou esgotada demais para lágrimas derramar.
Com os olhos pesados fechando,
vou dormir gritando por dentro em desalento 

Que o domingo me surpreenda, porque de verdade,
estou em esgotamento, suspendi folgas 
e só resta suspender meus batimentos.
A noite está linda mas, me sinto numa ilha presa em desalento.

Vou dormir, assim irei diminuir o meu tormento,
mas só por um momento, desejei conversar e ninguém fui encontrar.

Poetisa da chuva.
www.facebook.com/theironlopes


sábado, 13 de junho de 2015

Amor verdadeiro, que em você encontrei


Você me achou em um momento difícil e triste. 
E isso não vou esquecer...
Quando se esta só, quase não aparece ninguém.

 Aparecem depois..., 
ai vem outros e outros, mas é bem ai 
que se percebe quanto vale a pena... 
Estou avaliando e comprovando 
o que de bom você tem e que a todos supera. 

Não busco bens materiais isso e fácil encontrar. 
E qualquer um pode dar. 
Busco e achei em você,
carinho, verdade, pureza de alma 
que dinheiro nenhum pode comprar. 

De que vale uma mansão? E o coração vazio. 
Mais vale o seu coração 
que me faz morar em segurança e em paz descansar,
acreditando que estou segura pois esse amor é verdadeiro.
que só em você pude encontrar.

Ana Maria

Somos simples, com muito amor no coração


Sou uma pessoa simples, com muito amor no coração.
Quero sentir teus beijos em minha boca, 
tua pele roçando na minha, o teu calor e o teu amor.

Para que cada dia me sinta mais seguro nesta vida.
Não sentir medo nas horas frias, quando pensamos no futuro.
Nada mais assustador que terminarmos uma jornada sozinho.

Venha minha querida, aquece este corpo solitário,
umedece esta boca ressecada sem seus beijos,
molha minha mão com teu suor de desejos.
Quero navegar em teus oceanos, aportar em tuas praias,
ancorar minha nau, meu coração, em teus domínios.

Repousar ao entardecer sobre seu colo 
e desejar que o próximo dia nunca mais amanheça...

Gerson Araujo Almeida

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Um feliz dia dos namorados


O namoro é a fase da conquista, 
da observação e aceitação.
Não pode ser carregado de regras ou imposições, 
requer um período breve...
Neste tempo vamos tirando as poeiras do passado, 
de momentos tristes ou de angústias,
os quais nos marcaram demais em nossas vidas.

Traumas ou feridas que ainda cicatrizam, 
podem nos fazer sentir doentes.
Males que a vida nos impôs 
e que não devemos desprezar.
Foi um aprendizado para nunca mais errar.

Sei que uma hora, o horizonte irá se abrir e você..., 
poderei encontrar afinal.
Serei o apaixonado mais feliz sobre a terra, 
moverei montanhas e serras, para te fazer feliz ainda.
Minha mocidade se foi, 
mas o amor nunca morre, 
ele é eterno, ainda mais no coração de um poeta,
se me permitem o título.

Sem pretensão alguma, escrevo o que sinto 
e que acho que devo deixar de legado, de herança.
Uma herança sem ouro ou prata, 
apenas uma forma caricata que encontrei para expressar 
as emoções do coração, que antes por um tempo, 
ficaram reprimidas.

Sem nenhuma reprimenda, 
estas emoções foram estocadas por motivos sérios.
que não quero agora declinar.

Hoje devemos olhar nossos parceiro com outros olhos, 
esta noite deve ser de carinho, como em outras foram,
mas, hoje deve ser especial, pelo dia a comemorar.
Não se privem de demonstrar suas vontades, 
nada há de mal nisso, surpreenda seus parceiros, 
dê aquele beijo sorrateiro,
inesperado em lugares inusitados.
Falem ao pé do ouvido sem censura, 
como querem ser amadas hoje.
Mostrem que ainda estamos todos apaixonados demais 
para esta oportunidade perder.

Gerson Araujo Almeida

quinta-feira, 11 de junho de 2015

"Te amo! Quando puder apareço, um beijo meu amor!"


Deixei uma placa na tua porta, lá está escrito:
"Te amo! Quando puder apareço, um beijo meu amor!"

Pendurei com cuidado, para não fazer muito barulho,
não queria te acordar e estragar a surpresa.
Sei que gostaria que estivesse presente, 
mas infelizmente ausente estou.

Não vai poder sentir meu abraço forte.
Iria como eu gostar, sentir meus braços em tua cintura.
Te dizer coisas escusas em teu ouvidos, 
sussurrando obscenidades.
Tudo com o intuito de te ter por completo, 
numa loucura sem par.

Nas horas das paixões avassalantes, 
perdemos a compostura.
Somos levados pela simples luxúria 
que nos assume por completo,
nos fazem reagir libidinosamente, 
nada que não tenhamos concordado antes.

Claro que desejaria coroar esta união, 
te levar ao mais alto pedestal.
Te admirar, te amar como merece ser, te merecer.

Gerson Araujo Almeida

Nada de vinho e nada de beijos


Esperando alguém acordar sorrindo.
Do nada vou seguindo essa alegria demente.
Trás loucuras a mente.
Vontade de ter você agora, porque não vem sem demora?

Não estou mais acostumada a despertar com carinho, mas venha.
Chegue de mansinho, invade o meu quarto,
modifica minha vida não faça planos de nada.
Chegue por engano venha sem avisar.
Vem no meu habitar, vem me fazer levitar.

Me cubra de carinho, vem devagarinho.
Chega de mansinho, me cubra de beijinhos.
E então como louca desejarei beijar tua boca.
Irei te abraçar com minhas pernas te apertando sobre meu corpo .

É vontade de amar, vou me banhar e irá passar.
Desejo de me apaixonar, devo estar febril, melhor ate me medicar.
Talvez mereça uma surra, esse coração retardado não cansa de apanhar.
Vou sorrir com todos os meus desejos, como uma menina em busca de um beijo.

Que palhaçada me sentir assim, vontade de um amor sem fim.
Nem o vinho passará esse almejo, melhor permanecer sóbria.
Nada de vinho e nada de beijos.

Poetisa da chuva
www.facebook.com/theironlopes



quarta-feira, 10 de junho de 2015

O amor, sempre entre nós presente estará


Temos tantos sonhos 
que queremos realizar na vida,
nunca vão ficar totalmente escondidas 
as vontades do corpo.
Da alma que busca sua companheira gêmea 
para uma eterna união.
Nunca saberemos qual será 
e onde estará este objetivo.

Aproximamos, namoramos sem saber o impacto 
que esta alma que buscamos,
afetará a nossa, solitária e esperançosa. 
Que no devido tempo achará.
Nossos relacionamentos, por vezes conturbados, 
carregados de emoção,
cheios de esperanças não nos assegura nenhuma certeza.
Somos impelidos pela paixão, 
nos entregamos de corpo e alma sem nenhuma dor,
sem nenhuma recusa de sentir 
o quanto somos amados 
e desejados naquele momento pleno.

Mundos diferentes, lugares distantes 
que não alcançamos com as mãos, 
o toque por mais frio que possa ser, não acontecerá.
Ficam as palavras, as emoções, 
as visões do paraíso que nos proporcionaram estas belas almas 
vestidas em seus corpos.

Uma hora ou não, acontecerá o encontro, 
só não sabemos quando, temos que esperar que aconteça.
Não é fácil deixar para trás 
a vida que se teve e tem nesta hora, 
embora o desejo seja grande.
Meter os pés na estrada, sem rumo ou cuidado, 
abandonando vestígios do passado 
que ainda nos prendem ao lugar.

Que bom seria, 
se tudo isso fosse uma mera folha de papel, 
guardada em alguma gaveta de um velho móvel degradado.
Seria fantástico este encontro 
e tudo arrumado e aceito, 
pudéssemos ser encaixados nesta nova realidade.

Bom estar contigo ainda, 
que me entende e me fascina, 
sabe que te tenho na maior estima,
és uma razão de vida, um momento mágico, 
uma ternura infinda, que merece ser feliz.
Prioridades a parte nos fazem repensar nossos momentos, 
nada a reclamar tenho por certo.
Apenas quero que entenda o meu momento, 
assim como sei do seu.
Pelo que passou, pelo que virá, 
será minha eterna doçura até o dia que possa te encontrar.

Não pense que vou ficar magoado 
se um outro se aproximar e que possa te fazer feliz como merece.
É que raízes profundas me prendem aqui, 
ou será medo de me aventurar e não corresponder a altura?

Meu amor, me permita que sempre me refira assim contigo, 
não importa em que lugar estejamos,
ele o amor, sempre presente entre nós presente estará.

Gerson Araujo Almeida


terça-feira, 9 de junho de 2015

"- Sou seu refém! Agora!"


Adoro quando estou aqui contigo,
você faz-me renascer, faz-me compreender. 
Que a vida tem muito para ensinar-me o que é o amor.
Obrigado por ser merecedor de todos os carinhos que me dispensa, 
serei sempre grato a você pela tua gentileza.

"- Sou seu refém! Agora!"

Não quero que paguem resgate,
proíbo que denunciem você...
Irremediavelmente preso a ti, quero estar.

Sei que maltratado nunca serei,
me alimentarei em teus seios, o maná das deusas.
Me sentarei ao lado de teu trono dourado.
Te amarei pela eternidade...

Envia teus encantos, teus sortilégios.
Destina meu caminho que me levará até você.
Isso farei ao menor sinal que enviar.
Levarei apenas o essencial para sobreviver na caminhada.
Uva, nozes e pão, serão meu alimento e sustento por hora.
Saberei te encontrar, basta uma placa deixar na entrada com teu nome.
Antes que a noite chegue, a tarde termine, baterei em tua porta.

Gerson Araujo Almeida